Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

A VISÃO MISSIONÁRIA ULTIMADA NA GRANDE COMISSÃO

Imagem
1. A Grande Comissão. Registrada nos quatro Evangelhos e repetida em Atos (Mt 28.18-20, Mc 16.15-20; Lc 24.46-49; Jo 20.20-2; At 1.8). Essas diferentes narrações se completam entre si apresentando um resumo dos elementos básicos para missões. No Evangelho de João, lemos que Jesus veio pela autoridade do Pai, e na sua própria autoridade enviou seus discípulos ao mundo, e esse poder abrange todo o universo “o céu e a terra”, que na ação do Espírito Santo Jesus deu aos seus discípulos o poder sobrenatural para que a obra de Deus seja realizada (Mc 16.17, 18; At 1.8).

2. Uma ordem e não uma recomendação. Fazer missões é mandamento bíblico. Trata-se de uma ordem bíblica imperativa e não meramente um parecer ou uma recomendação. É algo que não depende mais de mandamento específico ou de receber uma visão especial da parte de Deus para iniciar a obra missionária. Essa ordem, como vimos, já está na Bíblia (1 Co 9.16). Essa mensagem de salvação é para ser pregada a “todo o mundo” (Mc 16.15), a…

A VISÃO MISSIONÁRIA CONFIRMADA NO NOVO TESTAMENTO

Imagem
1. Os evangelhos – Jesus o maior exemplo. O Senhor Jesus está presente em cada livro da Bíblia, mas somente os quatro Evangelhos revelam sua vida e ministério e o reconhecem como o cumprimento das promessas de Deus. Estudamos na lição passada que Jesus é o enviado do Pai (Jo 3.16,17), sendo o maior exemplo para os missionários de todos os tempos. O objetivo da obra missionária é tornar o nome de Jesus conhecido em todas as nações da terra. De todos os 66 livros da Bíblia os evangelhos se destacam na revelação da pessoa de Jesus e de sua história: nascimento, vida, morte, ressurreição e ascensão ao céu.

2. As epístolas. Sabemos que a história da vida de Jesus está registrada nos quatro Evangelhos, mas a interpretação teológica está nas epístolas. Elas tratam dos mais variados assuntos fundamentais da fé cristã. No que tange a missiologia, servem também para estabelecer disciplinas e encorajar as igrejas às missões (Rm 10.13-15; Gl 2.9). O papel de Atos é decisivo em missões, por isso v…

A VISÃO MISSIONÁRIA PRENUNCIADA NO ANTIGO TESTAMENTO

Imagem
1. Exemplificada no comissionamento dos Patriarcas. A obra missionária está no coração de Deus. O patriarca Abraão foi chamado por Deus para deixar sua terra e partir para uma terra distante e desconhecida (At 7.2-4). Quando Deus apareceu a Abraão, em Harã, prometeu: “Em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.3). Essa promessa foi confirmada depois a Isaque (Gn 26.4) também a Jacó (Gn 28.14). Isso significa que o próprio Deus pregou o evangelho primeiramente a Abraão prevendo sua extensão por toda a terra (Gl 3.8). Nisso podemos ver missões tanto no exemplo, no comissionamento de Abraão, como também de maneira direta: as famílias da terra sendo abençoadas no patriarca Abraão.

2. Cantada nos Salmos. Os salmos também vislumbravam a obra missionária em toda a terra: “Anunciai entre as nações a sua glória; entre os povos, as suas maravilhas”(Sl 93.3). O salmo 67 é essencialmente missionário. A chegada do evangelho entre os etíopes é cumprimento de uma profecia bíblica canta…

COMO PREPARAR UM SERMÃO

DESCOBRIR O PENSAMENTO CENTRAL
O pensamento central é a mensagem, ou seja, é o Tema. Sempre procurar definir o tema no sentido positivo. Será que existe Deus ? é um tema indesejado pois suscitam mais dúvida do que fé. Como ser curado ? é um tema sugestivo pois fortifica a fé. Em alguns casos o pregador fala o título (Tema) da pregação outras vezes não é necessário porém no esboço é aconselhável colocar. O orador deve ser um homem de Deus e que possui a mensagem de Deus e esta deve ter com fonte as Sagradas Escrituras. O Título pode ser: Imperativo Quando sugere uma ordem. (Ide Marcos 16:15) Interrogativo Quando sugere uma pergunta. (Que farei de Jesus? Mt.27:22) Enfático Quando é reduzido. ( Amor, Fé )A mensagem pode Ter várias origens : Através da leitura da Bíblia. A Bíblia contém argumentos, respostas, exemplos, e ensinamentos para todos os seres humanos. Cristo usou a Palavra de Deus (Bíblia) para combater a Satanás. A Palavra de Deus é a primeira fonte do pregador. Como fonte de in…

POR QUE A BÍBLIA É O MANUAL DE MISSÕES POR EXCELÊNCIA?

Imagem
1. Porque ela evidencia os propósitos universais de Deus para a Redenção do homem. A Bíblia é a única obra literária do planeta que registra a nossa origem: o que somos, de onde viemos e para onde vamos. Deus quer que todos os seres humanos conheçam a verdade sobre Ele e de como Ele se revelou nas Santas Escrituras; e, também sobre a natureza humana. A vontade de Deus é que todos os homens se arrependam e venham ao conhecimento da verdade (1 Tm 2.4). Deus sempre se preocupou com o bem-estar do homem. Essa vontade só pode ser conhecida pela revelação e isso encontramos nos oráculos divinos, a Bíblia Sagrada.

2. Porque ela nos apresenta o fundamento, o norte, e as estratégias missionárias. É na Bíblia que encontramos os registros das primeiras missões. Além disso, mostra como plantar igrejas locais, as estratégias de evangelização, as possíveis atividades de um missionário no campo, o papel da igreja missionária e os problemas enfrentados no campo missionário. Essas coisas nos inspiram…

Serié: Característica de um bom sermão.

Característica de um bom sermão.

O sermão é caracterizado como um bom sermão não pela sua extensão e nem mesmo pelas virtudes do pregador, sejam intelectuais ou morais, mas pelas qualidade do sermão: UNÇÃOTodo sermão deve ter inspiração divina. Um sermão sem unção, ainda que tenha uma excelente estrutura, não apresentará poder para conversão, consolação e edificação.Devemos lembrar que ao transmitir um sermão estamos não estamos transmitindo conhecimento humano mas a Palavra de Deus e esta é a única que penetra até a divisão da Alma e Espírito, portanto é fundamental a unção.
FIDELIDADE TEXTUALFidelidade textual é importante, visto que os ouvintes estão atentos ao texto de referência ou ao tema escolhido. Há muitos pregadores que tomam um texto como referência e depois esquecem dele.
UNIDADETodo sermão tem um objetivo a ser alcançado. O seu conteúdo deve convergir para um único alvo. "Há sermões que são uma colcha de retalho, uma verdadeira miscelânea de assuntos, idéias e ensinos ““.
FIN…

10 PERGUNTAS VITAIS PARA UM PASTOR

Imagem
Nos últimos 30 dias você ouviu os membros da sua congregação conversando a respeito da sua visão em relação a sua igreja? A atmosfera da sua igreja é inquestionavelmente contagiante? A missão da sua igreja sai com com clareza, objetividade e convição vinda apaixonadamente do seu coração? Os seus lideres abraçam a sua visão? Você planejou uma atividade nos próximos três meses que tem o objetivo de ajuda-lo a ver o futuro que Deus tem para a sua igreja? A sua liderança entusiasticamente concorda sobre a maneira de como realizar a missão da igreja? Você tem um processo, no papel, sobre como a sua igreja deve desenvolver novos lideres? Toda a comunicação da sua igreja reflete e reforça a sua visão? Existe uma clareza cristalina a respeito do novo ministério a ser lançado na igreja? Você já identificou uma pessoa que possa ajuda-lo a ser o líder que você precisa ser?

Série: Homilética

Imagem
DEFINIÇÃO DO TERMO
O termo Homilética é derivado do Grego "HOMILOS" o que significa, multidão assembléia do povo, derivando assim outro termo, "HOMILIA" ou pequeno discurso do verbo "OMILEU" conversar. O termo Grego "HOMILIA" significa um discurso com a finalidade de Convencer e agradar. Portanto, Homilética significa "A arte de pregar". A arte de falar em público nasceu na Grécia antiga com o nome de Retórica. O cristianismo passou a usar esta arte como meio da pregação, que no século 17 passou a ser chamada de Homilética. Vejamos algumas definições que envolvem essa matéria: Discurso - Conjunto de frases ordenadas faladas em público. Homilética - É a ciência ou a arte de elaborar e expor o sermão. Oratória - Arte de falar ao público. Pregação - Ato de pregar, sermão, ato de anunciar uma notícia. Retórica - Conjunto de regras relativas a eloquência; arte de falar bem. Sermão - Discurso cristão falado no púlpito.
Finalidade O estudo da Homilética…

Base bíblica de missões

Imagem
I - Introdução "Confessamos que, no contexto da História da Salvação, a Igreja tem o seu lugar como vocacionada por Deus para o seu serviço, sendo enviado ao mundo, objeto do amor de Deus, que quer a salvação dos homens. Cremos que o ser Igreja se concretiza no caminho, no desempenho da tarefa missionária, na dependência direta do Senhor que envia, sendo portadora da mensagem do Reino de Deus". (artigo 7 do pacto missionário de Curitiba 1976 - I Congresso Missionário Brasileiro - promovido pela ABUB). Essas palavras foram tiradas do pacto missionário, escrito durante o congresso missionário da ABUB em Curitiba 1976. Até hoje a ABU tentou, e ainda está tentando, manter viva a visão universal ao assumir responsabilidades pelo Reino de Deus, que abrange representantes de todos os povos e de todas as nações. Não é somente um interesse de passatempo, e sim, uma atitude da vida diária dos membros da ABU, que se expressa pelo fato de que assumimos um compromisso sério com o trabalho e…

O sustento do missionário

Imagem
Existem três modos de nos envolvermos com a obra de missões: primeiro, indo ao campo missionário; segundo, orando por aqueles que estão no campo; terceiro, sustentando o obreiro financeiramente. Todo o crente precisa, desde cedo, compreender o que a Bíblia ensina sobre a mordomia. Nós somos mordomos de Deus, ou seja, administradores de seus bens. Tudo o que existe no mundo pertence a Ele: “Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam” (Sl 24.1). Deste modo, o corpo, a mente, o tempo, os talentos, os serviços, o dinheiro, as propriedades – tudo pertence a Deus. Quando nos dispomos a cooperar financeiramente com a sua obra, estamos simplesmente devolvendo-Lhe parte do que dEle recebemos. Deus recebe a oferta que oferecemos aos missionários, e se compromete abençoar-nos e suprir todas as nossas necessidades. As missões são sustentadas exclusivamente com as nossas contribuições. Se não contribuirmos, o Reino de Deus sofrerá. A Bíblia nos ensina que aqueles qu…

E quanto àqueles que nunca ouviram falar de Jesus Cristo?

Imagem
Homens e mulheresestão condenadosao infernocom base em siou nãoouviram falar de JesusCristo.Pelo contrário, sãojustamente condenadobaseado no fato deque eles são pecadores. Na verdade, elessão pecadoresque não conseguiramagir de forma responsávelno que Deusreveloua eles -seja através daluz da criação(Romanos1),através da luz daconsciência (Romanos 2) ouatravés da luzde Cristo (Romanos3).Se as pessoasrespondem à luzque têm,então Deusenviou a luzdo Evangelho.Porque ninguém temmantido no escurosobre a existênciade Deus,todos são responsáveis​​diretamente a ele(Lucas12:47-48). Embora a Bíbliadiz que Cristoé o único Salvador(Atos 4:12), também afirmaque Deus éverdadeiramente justo(Jó34:12)e que Eleama a humanidadecom amor eterno(João 3:16). Vamos, portanto, qualquer trabalhopara trazera mensagem de Deusde reconciliaçãopara um mundoem desesperada necessidade desalvação (Romanos 10:13-15), sabendo que não háoutra maneira dealcançá-lo, só através do seu Filho- o SenhorJesusCristo (João14:6).

I…